3

Pergolado, sombra e água fresca

Elyzia Rodrigues | 6.1.15 | | | | |
O sol forte chegou e com ele chega também dias quentes e ensolarados, é um período em que a maioria das pessoas pensam em relaxamento e descanso.

Seja na praia, na piscina, ou até mesmo em casa, na varanda ou no jardim, enfim, é um período para curtir dias quentes sob a sombra e com muita água fresca.

Foto: Travel

E nesse cenário de calor e relaxamento nada melhor do que deitar sob um pergolado, seja ele como for... Pergolado? O que é isso?!?

Pergolado é uma construção de origem bastante remota geralmente feita em madeira com a função inicial de dar suporte á diferentes espécies de trepadeiras e proteger determinadas plantas da incidência solar que ficavam sob ela, mas também para criar áreas sombreadas para permanência, circulação e relaxamento em meio á grande áreas gramadas.

Inicialmente o pergolado era uma construção vazada feita com três elementos básicos: colunas ou pilares de apoio, vigas para amarração e caibros afastados entre si.


Hoje ele também pode ser coberto criando ambientes totalmente protegidos não só da incidência solar, mas também da chuva.

Usado muitas vezes como espaço de transição entre áreas fechadas e abertas o pergolado hoje em dia é utilizado também para cobrir garagens, abrigar espaços para celebração de festas, casamentos, jantares ou ambientes de meditação e relaxamento.

Foto: Dona Giraffa

Se antes ele era construído normalmente em madeira ou ferro, hoje podemos encontrá-lo também em outros metais como aço ou alumínio, concreto, bambu, aglomerado plástico ou outros materiais reciclados.

Foto: Casa Abril

E seu fechamento pode ser em vidro, placas de policarbonato, treliça de bambu, forro de palha ou tecido.

Para a construção de um pergolado deve-se levar em conta o estilo do projeto como um todo, mesmo que o pergolado seja feito por último e somente depois de algum tempo.

Foto: Casa Abril

Outros itens importantes são o custo do material e o custo de implantação e manutenção.
Outros aspectos são muito importantes e devem ser levados em consideração.

Se sua escolha for pelo pergolado de madeira, compre madeira com fornecedores que comercializem madeiras de reflorestamento e certificadas pelo FSC (Forest Stewardship Council)*.

Observe também se o local onde for efetuar a compra apresenta algum vestígio de pragas, caso aconteça escolha outro fornecedor, pois efetuar a compra com empresas que não fazem esse controle vai comprometer a durabilidade e a qualidade da madeira que adquirir, além de correr o risco de levar pra dentro da sua casa cupins, brocas ou fungos de apodrecimento.

Foto: Acervo Particular

Outro aspecto importante: exija do fornecedor a garantia que a madeira já tenha passado pelo processo de secagem, pois se não verificar esse aspecto corre o risco de ter um pergolado empenado em menos de um ano de construção e um custo a mais para desempená-lo.

Para executar pergolados de madeira em áreas externas, será necessária a execução de uma sapata de concreto ou uma base metálica para apoio dos pilares, não se recomenda a sua instalação diretamente no solo, pois esse contato irá afetar a durabilidade da madeira.

A manutenção do pergolado de madeira é mais constante se comparado a outros materiais.

Ela deve ser feita sempre que se perceber que a madeira está perdendo a sua beleza natural.

Se a madeira do pergolado for revestida com verniz, ele deverá ser removido com material apropriado, ser lixada e lavada para retirar todos os resíduos de poeira.

Deve-se deixá-la secar por uns 3 dias e depois reaplicar novamente o verniz naval.

A estrutura do pergolado, independente do material em que for construído, deve suportar adequadamente seu próprio peso, além do peso da cobertura, caso tenha, do forro e da vegetação. Sendo assim, opte por profissionais e empresas com experiência reconhecida.

Foto: Donna da Casa

Se optar por pergolados para suporte de trepadeiras, escolha espécies de plantas de pleno sol e cuide para que ela esteja devidamente molhada e adubada.

Neste caso, é preciso paciência, a trepadeira levará pelo menos um ano para cobrir toda a área do pergolado e deverá ser cuidadosamente conduzida sobre ele cuidadosamente.



Algumas espécies adequadas para isso são: Sapatinho-de-judia (Thumbergia mysorensis), jade (Strongylodon macrotrip), jasmim (Plumeria rubra), madressilva (Lonicera japonica), tumbérgia-azul (Thumbergia grandiflora), lágrima-de-cristo (Clerodendron thomsonae), sete-léguas (Podranea ricasoliana).

Se estiver em busca de materiais alternativos para o seu pergolado, já existe no mercado um produto denominado madeira plástica que vem substituindo a madeira em algumas construções.


A madeira plástica é um produto resultante do processo industrial que agrega diversos resíduos plásticos que são misturados e transformados em peças semelhantes á madeira natural.

É um produto totalmente reciclado e reciclável. Ou seja, completamente sustentável.

Tal como a madeira natural ele pode ser furado, serrado, colado, pintado, revestido, aparafusado e pregado.

Outros materiais também podem substituir a madeira, a escolha fica a critério de quem vai executar e ao interesse em criar um elemento totalmente original.

Foto: Birosca S2




*O FSC (Forest Stewardship Council) é uma organização internacional independente, não governamental e sem fins lucrativos, criada para promover o manejo florestal responsável ao redor do mundo. Através dessa organização podemos ter informações sobre empresas que atuam no mercado dentro dessa filosofia de manejo responsável. Para maiores informações visite o site www.br.fscc.org






Fonte:
Ecopex
Cobrire
Jeito Mineiro
Decoratividade

3 comentários:

  1. Parabens por este texto que me ajudou bastante na escolha de um climatizador springer. Alias esta foto do cachorro ilustra bem a sensacao de calor que eu estava enfrentando, ufa agora isto e coisa do passado.

    ResponderExcluir
  2. Adorsua pagina.Uma pergunta:
    O pergolado sem cobrir em uma area privativa afeta a fachada?
    Obrigada por aclarar.
    Ana Angélica

    ResponderExcluir