0

Tinta látex PVA ou látex acrílica?

Elyzia Rodrigues | 22.3.16 | | | | |
Já chegou numa loja de tintas e ficou sem saber o que responder quando o vendedor pergunta:
- Tinta acrílica ou PVA?
Aí você olha pra ele sem sequer conseguir imaginar uma possível resposta?
Não se preocupe... Você não vai mais passar por isso!
 
Foto: Tudo de Pedra
 
Antes de qualquer coisa é preciso entender que existe um tipo de tinta para cada tipo de superfície. A escolha da tinta adequada é essencial para uma pintura bem acabada e durável.
 
Como já foi dito na postagem da semana passada, as características das tintas são dadas pelo tipo, quantidade e qualidade das resinas e pigmentos que entram em sua composição. São esses elementos que vão determinar as superfícies em que ela poderá ser aplicada e em que circunstâncias.
 
 
A maioria das tintas usadas na construção civil é á base de látex PVA (acetato de polivinila) e látex acrílica (acrilato e metilmeta-acrilato).
 
As tintas látex são tintas feitas com vários tipos de resina termoplásticas tendo a água como base solúvel.
 
LATÉX PVA
 
As tintas látex PVA são mais utilizadas nos ambientes internos. Possuem bom rendimento, qualidade e bom preço.
 
 Foto: Suvinil
 
As principais propriedades desse tipo de tinta são:
 
Facilidade de aplicação permitindo um bom alastramento na superfície e secagem rápida, boa resistência ao intemperismo e ao calor, facilidade de limpeza, com uso de água e sabão neutro, resistência ao mofo, boa retenção de cor, durabilidade, permitem a repintura, desde que a superfície seja bem limpa antes da aplicação. Seu odor é mínimo.
 
  Foto: Eu Decoro
 
Sua aplicação deve ser feita entre duas e três demãos.
 
É ideal para quem não tem muita experiência com pintura.
 
Não é uma tinta adequada para áreas molhadas ou que possam receber chuvas constantes, e nem para recobrimentos de acabamento em alto brilho, como um corrimão, por exemplo.
 
Como é mais porosa, deve ser limpa com pano macio, pois buchas ou materiais muito ásperos vão levantar brilho da película após o atrito.
 
TINTA LÁTEX ACRÍLICA
 
A tinta acrílica tem aspecto muito parecido com a tinta látex PVA, também é solúvel em água, porém sua formulação é feita com resinas acrílicas e metilmetacrílicas, o que proporciona um produto de alta impermeabilidade e durabilidade.
 
 
Foto: Leroy Merlin
 
 
As principais propriedades das tintas acrílicas são:
 
Apresenta ótima retenção de cor, boa resistência á agentes químicos, podendo ser usadas em superfícies de cimento e argamassa, é impermeável á água, é especialmente resistente aos efeitos do tempo sendo eficaz para pinturas externas e em áreas molhadas da casa, como na cozinha e lavabo, podem ser lavadas, acompanham as dilatações e contrações do substrato a que estão aplicadas, odor pouco pronunciado.
 
 Foto: Suvinil
 
Sua aplicação deve ser feita entre duas e três demãos.
 
É fornecida nas versões fosca, semibrilho e acetinada, preste atenção ao comprar para garantir o tipo de acabamento final que desejado.
 
O acabamento fosco não tem brilho e ajuda a disfarçar defeitos e irregularidades nas paredes e tetos, proporciona assim uma aparência uniforme em grandes áreas, mas pode acumular mais sujeira, manchas e tem maior tendência à proliferação de algas e fungos, dependendo das condições do ambiente, além disso tende a ficar lustroso com mais facilidade que as tintas mais brilhantes.
 
 Foto: Loco Deco
 
Já o acabamento acetinado possui brilho intermediário entre o fosco e o semibrilho. Sua intensidade de brilho também tem a capacidade de disfarçar imperfeições da parede e, normalmente, é uma versão que garante aquele “toque de seda” muitas vezes descrito na própria embalagem da tinta. É um acabamento que permite boa resistência à lavabilidade, mofo e algas.
 
O acabamento semibrilho é o que proporciona maior brilho e reflexos intensos. Indicado para superfícies sem imperfeições ficando bem em portas, batentes e janelas. Antes, só existiam as versões à base de solvente, mas hoje em dia já são fabricadas tintas brilhantes à base de água.
Seu custo é superior ao da tinta látex PVA, porém, sua resistência e durabilidade justificam o investimento.
 
 Foto: Decorando on line
 
Por essas propriedades, as tintas acrílicas são sempre as recomendadas para pintura de hospitais enfermarias, ambulatórios e indústrias farmacêuticas, de alimentos e outros ambientes que exijam alto nível de assepsia e sanitização.
 
Em se tratando de rendimento, algumas marcas possuem praticamente o mesmo rendimento entre os dois tipos de tinta, sendo em média 200 à 350 m² por demão.
 
A aplicação é a mesma para ambos, mudando apenas a quantidade de água utilizada na diluição. Em média no Látex PVA, a diluição é de 50% de água enquanto para a tinta látex acrílica de 10 a 30%.
 
Agora não restam mais dúvidas!
 
Ainda falaremos mais sobre outros tipos de tintas em postagens futuras.
 
Vocês também podem ler mais sobre tintas nas postagens abaixo:
Características essenciais das tintas
Como pintar azulejos

Fonte:
Techne

Nenhum comentário:

Postar um comentário