0

Apartamentos novos e a importância da vistoria

Elyzia Rodrigues | 1.8.17 | | | | | |
Quando você consegue achar o apartamento mais adequado para você, depois de inúmeras visitas, a emoção certamente falará mais alto e ainda vai contar com a ajuda do corretor que vai querer apressar a compra... Enfim, numa situação como essa ter sangue frio é tudo!

Foto: Daniel Mansur

Calma, planejando direitinho todos os passos dá para ceder á emoção sem grandes riscos.
 
Já demos algumas dicas de como avaliar os apartamentos decorados dos stands de vendas de construtoras e como eles são excelentes para vermos de forma concreta as possibilidades de ocupação.
 
Mas antes de fechar o negócio e assinar os papéis é preciso vistoriar o apartamento, no calor das emoções esse item pode passar despercebido.


Esse momento é importante, pois nenhuma das partes quer ficar insatisfeita. Sim, embora não haja uma lei que obrigue a vistoria, as construtoras não impedem que ela seja feita e estão abertas a consertar os problemas de imperfeições e defeitos antes que você ocupe definitivamente o imóvel.
 
A maior parte das construções no Brasil ainda é construída de forma artesanal, com algumas exceções, desse modo, o produto final está diretamente ligado á qualificação do profissional envolvido na execução, ao controle dos processos e ao atendimento de normas técnicas, infelizmente, esses itens nem sempre estão presentes.

Foto: Uol

Nesse cenário, será comum encontrar pisos com caimento inadequado ou paredes fora do prumo.
 
O Memorial Descritivo do Imóvel ou Manual do Morador oferecido pela construtora descreve as louças, metais, materiais utilizados acabamento e os acessórios, descrição de esquadrias entre outras coisas. Ele também fornece as diretrizes sobre quais itens podem ocorrer os defeitos e imperfeições mais comuns.
 
O Memorial Descritivo deve estar em mãos no momento da vistoria para verificar se os itens que constam no local estão sendo entregues conforme descrito.
 
Para uma vistoria bem feita tenha em mãos os seguintes itens: 
 
 
Verifique se as cerâmicas de pisos ou paredes não estão quebrados, soltos (ao bater na peça o som produzido é oco) ou sem rejunte, se a pintura está manchada, se as portas e janelas abrem e fecham de forma esperada, a existência de chaves e o funcionamento das travas, se há vidros soltos ou quebrados, funcionamento dos registros das torneiras, vedação de sifões.
 
Observe a existência de vazamentos com o morador do andar de baixo ou vindo do andar de cima, observe também se o rejunte da fachada próximo ás janelas não apresenta fissuras, descolamentos de peças ou revestimento descascado, pois isso leva infiltração para dentro do seu apartamento

Verifique se as tomadas e bocais estão funcionando conforme descrito no Memorial Descritivo. 
 
 

Verifique também se todos os revestimentos e especificações estão de acordo com o Memorial Descritivo. Pode ocorrer do apartamento que escolheu apresentar opções diferenciadas de revestimentos. Ou a troca de alguns insumos como pisos, pedras, louças e metais, por outros de qualidade inferior com a intenção de economizar (essa situação é comum em construtoras de credibilidade questionável). 

Não há necessidade de você acompanhar os reparos a serem feitos já que serão os funcionários da própria construtora que farão o serviço. Sua responsabilidade é verificar se todas as solicitações que fez foram atendidas.
 
Quando a construtora precisa realizar a entrega do apartamento, será mais fácil ela concordar em reparar defeitos e imperfeições fora do escopo definido previamente, com isso você tem maior poder de negociação. É muito comum elas facilitarem as negociações sobre algum ajuste como uma pintura manchada para que o assunto seja encerrado e o apartamento entregue.
 
Se você estiver financiando, o banco pode exigir seu aceite para liberar o dinheiro para ela, utilize isso a seu favor. 

Foto: Daniel Mansur
 
Alguns danos podem ser causados pelo uso inadequado do imóvel. Pisos riscados, por exemplo, podem ser resultado de uma mudança descuidada. Assim, para evitar discussões sobre quem é o responsável pela falha, é melhor que esses reparos sejam feitos antes da entrega do apartamento.
 
A vistoria não precisa ser um processo estressante e cansativo se você se organizar e verificar os pontos relevantes na obra, com isso irá garantir para você e sua família tranquilidade e sossego.
 
Invista seu tempo em itens que realmente serão mais problemáticos no uso diário do apartamento, não vá para a vistoria com uma lista de solicitações de menor relevância ou que você mesmo possa resolver, priorize os problemas que vão exigir mão de obra especializada para serem resolvidas.
 
 Foto: Acervo Particular
 
Tenha calma e seja respeitoso, independente do humor de quem lhe atender. Isso facilita que você consiga as alterações que possa precisar. Procure sempre resolver a situação da melhor forma possível considerando o melhor para as partes, respeite os direitos e deveres de cada lado envolvido e pondere sobre o assunto antes de tomar decisões drásticas.
 
Mesmo que você tenha que abrir mão de algum direito, o acordo pode ser uma saída melhor. A justiça geralmente é lenta, advogados têm custo, você perderá tempo e não existe certeza de que você ganhará o caso.
 
Afinal, você comprou o apartamento pensando sua tranquilidade e da sua família não é?
 
Foto: Come Home Coast 
 
Viu como a vistoria de um apartamento é importante? Então, a partir de agora antes de assinar os papéis para comprar um apartamento, prepare-se para não deixar nenhum item par trás.
 
Embora a gente tenha falado sobre apartamentos essa vistoria também é importante quando vamos comprar uma casa, nesse caso, porém a negociação será feita de forma diferente, pois pode ser feita diretamente com o proprietário o que pode facilitar as negociações.
 
Se quiser ser o primeiro a receber as postagens que a gente publica, cadastre o seu e-mail no botão “Acompanhe”.
 
Essas postagens também podem lhe interessar: 

Fonte: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário