0

Manta Térmica para Telhado

Elyzia Rodrigues | 3.10.17 | | | | |
Como vimos em postagem anterior, o conforto térmico de uma edificação é fundamental, e é quando chega o verão que a gente percebe claramente se a casa que habitamos é ou não confortável.

 Foto: Gazeta do Povo
Arquitetura: Bela Pagliosa - Piraguara - PR


Para garantir que sua casa tenha um conforto térmico ele deve ser planejamento na etapa do projeto em que ele é pensando já no melhor local de implantação que determina a orientação da construção em relação ao sol e aos ventos.

Quando essa questão é pensada em projeto a gente consegue não somente garantir conforto térmico, mas também acústico, além de reduzir custos e aumentar a eficiência energética da edificação.

Medidas corretivas dificilmente irão resolver problemas mais graves, é por isso que a gente sempre fala aqui sobre a importância de investir em um projeto de arquitetura.

Mas não é por sua casa não ter sido projetada por um arquiteto que as coisas estão completamente perdidas. Há algumas soluções possíveis de minimizar os problemas de desconforto de temperatura na sua casa.

Foto: Coberturas MG

Já escrevemos sobre a tinta térmica aqui na página, mas ainda há outras soluções que podem ajudá-los.

Existe no mercado um produto chamado manta térmica ou de subcobertura. Essa manta térmica é utilizada nos telhados e coberturas com o objetivo de proporcionar os problemas de conforto térmico no verão e no inverno.

Ela é muito utilizada em grandes galpões industriais, silos e fábricas, e também, pode ser utilizada em residências.


A manta térmica é composta por uma ou duas faces de alumínio, material com alto índice de reflexão e baixo índice de emissão de radiação térmica e por uma malha de reforço mecânico com alta estabilidade e durabilidade, essa característica aumenta a vida útil da manta. Esses materiais em conjunto de compõem uma barreira que dificulta a transferência do calor por radiação.

Ou seja, nos dias quentes impede que as irradiações de calor cheguem ao ambiente, proporcionando um clima mais ameno. Pode reduzir a temperatura em até 5ºC no interior dos ambientes, porém esse índice depende das características climáticas de cada região. E no inverno impede que o calor produzido no ambiente escape com facilidade, proporcionando temperatura agradável nos dias frios.

 Foto: Gazeta do Povo
Arquitetura: Bela Pagliosa - Piraguara - PR

O equilíbrio da temperatura interna do ambiente reduz o gasto de energia com equipamentos como o ar condicionado e aquecedores. O consumo de energia com o ar condicionado, por exemplo, reduz em até 43%.

A manta térmica possui boa resistência à umidade, a sua utilização aumenta a impermeabilidade dos telhados, lajes e forros, impedindo assim que possíveis infiltrações e goteiras, causadas por chuvas com vento, inclinações inadequadas,  quebras e movimentações de telhas ou encaixes incorretos.

A manta térmica não sofre com o ataque de fungos e bactérias, nem de insetos e roedores. Uma característica importante é que ela é 100% reciclável.


A maioria dos fornecedores garante que ela não propaga o fogo em caso de incêndios e curtos circuitos, ao comprar verifique a embalagem do produto.

Segundo as orientações dos fornecedores a manta térmica se a manta for composta por uma camada de material acústico, como plástico bolha garantirá a redução dos ruídos transmitidos para dentro do ambiente.

A instalação da manta térmica no telhado é feita da seguinte forma:


Quando o telhado é novo, ela deve ser colocada entre os caibros e as ripas. Após a colocação de todos os caibros, a manta térmica é estendida no sentido transversal aos caibros começando do beiral em direção à cumeeira, ou seja, de baixo para cima.

As mantas térmicas devem ficar sobrepostas em 10,0cm e para garantir a estanqueidade do sistema, pode-se utilizar uma fita adesiva aluminizada nas áreas sobrepostas, sua fixação ocorre por pregos ou grampos.

 Foto: Mercado Livre

O passo seguinte é a colocação das ripas ou você ainda poderá optar por instalar contra caibros com 1,0 ou 2,0cm de espessura (pregados no mesmo sentido dos caibros) e depois as ripas.

Usar contra caibros possibilita uma melhor fixação da manta térmica e cria um espaçamento maior entre ela e as telhas, facilitando a circulação do ar que é fundamental para que a manta térmica atinja sua plena eficiência.

Uma observação importante, o lado com alumínio nunca deve ser instalado grudado no forro ou no telhado. Por último vem a colocação das telhas, encaixadas nas ripas.


Para instalação da manta térmica em telhados existentes o processo é diferente, não há necessidade de retirada das telhas. As faixas da manta térmica devem ser fixadas paralelamente à cumeeira, começando pela parte mais alta do telhado.

A fixação deve ser feita com grampos ou pregos. Cubra toda a superfície, sobrepondo 10,0cm nas emendas, estas devem ser unidas por fita adesiva específica.
Se houver forro ou laje o ideal é virar a face de alumínio para baixo, pois a face que fica para cima sofre mais agressões durante a instalação, bem como acúmulo de sujeira ao longo do tempo.

Foto: Ampliarte

A manta térmica é um material acessível, de baixo custo e sua instalação é bem fácil e rápida.

As características da manta térmica podem variar de acordo com o fornecedor.
São vendidas em bobinas de 10, 25 ou 50,0m², com largura de 1,30 ou 1,20m; refletividade de 95 ou 99%; emissividade - propriedade de emitir calor – 5%. Vale observar que quanto mais baixa a emissividade, mais o calor é refletido.

Dias quentes estão chegando e as chuvas também, se vai instalar a manta térmica aproveite o período de seca para que a instalação seja feita da forma mais adequada e eficiente.

Se quiser ser o primeiro a receber as postagens que a gente publica, cadastre o seu e-mail no botão “Acompanhe”.

Tem mais postagens que você pode se interessar:
Janelas Acústicas - Mais silêncio dentro de casa
Por que arquitetos são fundamentais na gestão dos custos

Fonte:
Portal Clique Arquitetura

Nenhum comentário:

Postar um comentário