0

A importância da limpeza pós-obra

Elyzia Rodrigues | 29.5.18 | | | | |
Ah... Enfim a reforma da casa foi finalizada! Pedreiros de revestimentos, gesseiros, eletricistas, serralheiros, marceneiros e instaladores já juntaram seus equipamentos e deram adeus!

 Foto: Jonhline Limpeza

Espere, todo tipo de objeto, o pó de gesso, poeira, resto de rejunte seco, manchas de cola e adesivos ainda reinam em todos os cantos.

Isso quer dizer que ainda há uma etapa a ser finalizada até que você realmente possa ocupar plenamente a sua casa nova. Essa etapa é a limpeza pós-obra.

Quando fechar o seu contrato de serviços com o arquiteto de sua confiança verifique se esta etapa está incluída ou quanto irá gastar com essa etapa. Não esqueça que quanto mais itens forem lembrados antes de abrir a carteira mais controle terá sobre o valor a ser investido.
 Foto: Acquax

Se você é arquiteto e não inclui na sua proposta a limpeza pós-obra você precisa pelo menos orientar o seu cliente sobre como limpar toda a sujeira gerada, pois pano úmido, água e sabão neutro não serão suficientes.

O serviço de limpeza pós-obra consiste em fazer a limpeza pesada, coletando objetos como pregos, parafusos, embalagens, caixas de papelão, restos de fios e outros materiais e em seguida removendo sujeiras difíceis, que deve ser feita com refinamento para não causar danos as superfícies. 

Este tipo de serviço ajuda a identificar pequenas falhas na obra e arrumá-las. Diferente de uma limpeza comum do dia a dia, o ideal é que a limpeza pós-obra seja feita por profissionais capacitados pois demanda o uso de equipamentos apropriados.

É fundamental ao profissional contratado observar que a limpeza depois da obra finalizada deve ser feita com produtos adequados, pois qualquer produto errado utilizado pode causar danos nas instalações do espaço e gerar gastos extras para a recuperação.

Ao contrário do que se pensa cada superfície exige um tipo de limpeza diferente e o uso de certos produtos pode trazer danos irreversíveis para sua casa.

Para acertar na escolha do produto é preciso considerar o tipo de sujeira que se pretende limpar e o tipo da superfície entrará em contato com esse produto, ou seja, o produto tem que remover o resíduo sem danificar a superfície na qual ele se encontra agarrado.
 Foto: O Azulejista

Os produtos para limpeza podem ser neutro, alcalino ou ácido.

Os resíduos de cola, cera, graxa, vaselina, manchas de gordura e tintas acrílicas possuem composição orgânica, para que sejam removidos o ideal é usar produtos alcalinos, pois eles conseguem dissolver facilmente esse tipo de sujeira.

São produtos alcalinos: detergentes concentrados, desincrustrantes, desengordurantes, limpador de rejunte e os detergentes chamados de pós-obra.
 Foto: Pinterest

Para resíduos de areia, terra, gesso, rejunte e cimento é recomendado produtos de base ácida. O profissional observa a superfície antes de utilizar esse tipo de produto, pois a base ácida tem muitas restrições de uso e pode danificar superfícies com mais facilidade.

O pó de gesso e a poeira podem facilmente serem removidos com produtos neutros, assim como a limpeza diária para manutenção.

Os produtos neutros são bastante confiáveis para realizar limpezas sem causar danos às superfícies que estão sendo limpas, porém não são capazes de remover todo tipo de sujeira.

 
 Foto:JR Jardinagem e Limpeza

A limpeza deve ser feita conforme as determinações específicas de cada produto. Para se ter mais segurança sobre que produto usar, o produto deve ser diluído em um recipiente antes de fazer a aplicação na superfície a ser limpa.

Não se aplica o produto diretamente na superfície e nunca na forma concentrada. O teste consiste em limpar uma pequena parte da superfície, aquela parte que ninguém vê, e observar se não há alteração de cor ou brilho.

 Foto: Líder Brasil

NUNCA deve ser usado acessórios abrasivos para esfregar, pois podem danificar as superfícies.
Embora pareça fácil, essas dicas são importantes para quando você fizer a limpeza diária da sua casa.

Para a limpeza pós-obra, planeje, pois isso pode poupar tempo e evitar danos.

Fale com o arquiteto e peça ajuda ou contrate uma empresa especializada para atendê-lo com eficiência.

Se quiser ser o primeiro a receber as postagens que a gente publica, cadastre o seu e-mail no botão “Acompanhe”.

Essas postagens podem ser interessantes para você:
Por que arquitetos são fundamentais na gestão de custos


Fonte:
Produtos que resolvem
Faz Fácil
Acquax

Nenhum comentário:

Postar um comentário